7 de jul de 2009

keith richards


As três coisas que eu garanto que jamais faria de novo são...
1) Heroína
Nunca mais vou usar. O resto pode ser. Mas eu não usaria de novo porque já estive lá, fiz aquilo e é muito doloroso, cara. Os outros idiotas estão usando o tempo todo, tenho pena deles.

2) Subir num coqueiro
"Não estava subindo numa árvore quando caí [Keith Richards caiu de um coqueiro e passou por uma operação no cérebro], mas estava sentado num arbusto. Hoje mesmo estava sentando nesse mesmo arbusto, mas o que aconteceu naquele dia foi que eu caí de mau jeito.

3) Ser trepanado
"Não passaria por aquilo de novo. É como ter o seu crânio aberto. Tive que passar por isso. É uma experiência até que interessante, especialmente para o meu cirurgião, que viu meus pensamentos passeando pelo meu cérebro. Tenho fotos disso, cara. Eles serram a minha cabeça, cérebro, crânio aberto, entram e tiram tudo e depois põe um pouco daquilo de volta. Mas é assim que as coisas são, Keith Richards tem que fazer de tudo pelo menos uma vez na vida.”

Nunca confie em ninguém...
Que diz que você tem seis meses de vida
"Um medico me disse uma vez que eu tinha seis meses de vida e eu acabei indo no enterro dele. Os obituários tem me interessado mais ultimamente. Não confio em medicos. Não que não existam alguns bons, mas no geral não confiaria neles não.”

Você não vai saber como é o lado negro até…
A coisa ficar bem feia
"Aí você nem vai acordar para descobrir. Já pensei muitas vezes ‘É isso aí.’ E é até uma sensação reconfortante pensar ‘Meu Deus estou saindo dessa agora.’ Não tenho pretensões a respeito da imortalidade – sou igual a qualquer pessoa. Sou o mesmo velho chato, só um pouco sortudo. Estive em primeiro lugar na lista dos Pés na Cova por 10 anos e fiquei bem decepcionado quando saí dela.”

O maior barato que tive usando drogas foi…
Não me lembro
"São essas noites que você esquece, mas sabe que aconteceu porque tem outras quinze pessoas dizendo que você estava pendurado no lustre pelado. A outra parte boa é a manhã seguinte, quando você acorda e percebe que se divertiu. As drogas não tem nada a ver com a vida. Elas estão aí se você quiser, não é uma grande coisa.”

O pior barato que já tive usando drogas foi…
Quando puseram estricnina na minha droga

"Foi na Suíça. Estava em coma, mas acordado, ouvia tudo e eles diziam ‘Ele está morto, ele está morto!’ e me sacudindo, e eu pensava ‘Não estou morto!’. Este foi o pior. Mas a coisa mais estranha que eu já cheirei foi o meu pai. Eu cherei o meu pai. Ele foi cremado e eu não resisti misturar as suas cinzas com um pouco de pó. Acho que ele não teria se importado. Acabou descendo muito bem e ainda estou vivo.”

A estrela do rock mais cool do mundo, de todos os tempos é...
Eu!

"Não precisa nem falar, né? Não que eu me ache cool, os outros dizem que sou, e só estou sendo eu mesmo. O único conselho que posso dar é seja você mesmo, o resto é piada. Se você quiser ser cool , seja consigo mesmo. Se você pensa em ser cool, não vai ser.

Vou parar de tocar quando...
Eu morrer.
"É isso aí. Não vejo motivo pra parar enquanto tiver gente querendo me ver e eu ainda quiser tocar. Eu fico de saco cheio quando fico no mesmo lugar por muito tempo. Já mexi muitas vezes com a morte, ela é minha amiga e se você andar muito comigo vai mexer com ela também.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para nós! Obrigado!